Posso colocar a mão na barriga do meu gato?

Nós gateiros não resistimos a imagem do felino mostrando aquela barriguinha linda pra gente, logo nos sentimos atraídos a acariciar, mas será que nosso gatinho se sente confortável?

Muitas vezes nosso gatinho nos mostra aquela barriguinha linda e peluda quando chegamos em casa, ou em algum momento no qual ele quer chamar nossa atenção. Intuitivamente comparando com o que conhecemos do comportamento dos cães, interpretamos este gesto como um convite a acariciarmos a barriga, e diversas vezes somos surpreendidos por aquela "dentada". E ficamos sem entender, "por quê ele pede carinho e depois me morde?". A resposta para esta pergunta está na interpretação do comportamento, na verdade nosso gatinho não está nos convidando a fazer carinho na barriga, pelo contrário, ele geralmente sente desconforto se tocamos nesta área.

Os gatos geralmente possuem alta sensibilidade na região da barriga, havendo uma hiperestimulação quando recebem toques nesta região, ou seja, uma sensação como a de "cócegas" fazendo se sentirem desconfortáveis. Muitos gatos irão expressar este desconforto mordendo a mão dos tutores, uns mordendo mais forte outros mais fraco, mas este comportamento geralmente está atrelado a uma tentativa de "avisar o humano para parar o toque". A estimulação do toque nesta área também pode motivar o gatinho a engajar em comportamentos de play, relacionado a "lutinhas" assim como eles fazem quando são filhotes. Mas afinal, qual a razão deles nos mostrarem a barriga se não for para tocarmos? Margot, uma de nossas lindas wellfelinas da foto ao lado, faz sempre esse gesto para sua tutora, Ana Rocha Tropia. Diariamente Margot exibe sua barriguinha e a tutora torna este momento divertido, compartilhando sempre na página do instagram dos peludinhos @margoteabel. Ela sempre diz que a Margot "desmaiou" e que vai chamar a ambulância, faz o som da ambulância e dá carinho para ela "ressucitar". Este momento torna-se uma aliança de qualidade entre as duas, sendo positivo para ambas. A Margot, neste momento, assim como muitos gatos, está mostrando a barriga como um sinal de carinho e requerimento de atenção.

Em seus primeiros meses de vida, na fase em que o filhote está com a mãe e os irmãos de ninhada, mostrar a barriga é um sinal de confiança, tanto para os momentos de comportamentos afiliativos, como o de limpeza, quanto para momentos de brincadeira entre mãe e filhotes e entre filhotes. Em um treino para as lutas com outros gatos na vida adulta, as brincadeiras entre filhotes envolvem diversas posturas corporais, dentre elas mostrar a barriga pode até mesmo ser um chamado para este tipo de brincadeira.


Desta forma, mostrar a barriga para nós, humanos, pode ser interpretado como um "abraço de gato". Pode ser uma saudação, um requerimento de carinho e atenção ou apenas um "gosto de você".

Mas atenção, por ser um comportamento também utilizado em momentos de brincadeira, tocar na barriga do seu gatinho e deixar que ele brinque de morder a sua mão pode motivar ele a buscar a sua atenção com mordidas. Sim, muitos casos de agressividade em felinos surgem em "brincadeiras de mão" com os gatos. Por esse motivo, além do desconforto do felino, recomendamos evitar as brincadeiras com as mãos. Sejam elas embaixo de lençóis, cobertas ou mesmo com a própria mão. A dica é redirecionar a atenção do felino para uma outra brincadeira, quando ele se interessar por brincar com as mãos. Assim, a brincadeira será divertida e segura para ambos, gatinhos e humanos.


Alguns gatos, irão gostar de serem acariciados na barriga, e irão aproveitar deste carinho, quando realizado por seus tutores ou pessoas conhecidas. Pessoas que eles confiem e tenham uma relação amistosa em relação ao toque. Ainda assim, esses gatos são considerados "fora da média". Geralmente, os gatos se sentirão confortáveis com toques em regiões como a cabeça, queixo e bochecha. Essas regiões possuem glândulas secretoras de feromônio, e quando esfregadas causam uma sensação de bem-estar.

Por isso, sempre ao nos aproximarmos de um gatinho, conhecendo ele ou não o ideal é sempre procurar acariciá-lo nessas áreas. Assim, ao esfregar essas áreas, além de depositar o odor corporal deles em você, o que os deixam mais seguros em relação a sua presença, a sensação de bem-estar ao toque será associada a você, promovendo um elo de ligação entre você e o felino. A partir de hoje então, o gato mostrou a barriguinha? bochecha, queixo e cabeça, Carinho liberado!




Dra Juliana Damasceno

Bióloga, Mestre e Doutora em Psicobiologia

Fundadora da Wellfelis









714 visualizações1 comentário

​​​WellFelis ​© 2016 | Comportamento Felino

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

(11) 94545-3526

contato@wellfelis.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon